• OP saúde

Benefícios da Terapia Floral com Animais

As essências florais não são “aguinhas” ou placebos. A terapia com florais foi descoberta por Edward Bach, patologista e sanitarista inglês, nos anos 20. É pratica medicamentosa reconhecida pela OMS, desde os anos 80.

A terapia com florais trabalha questões emocionais e cognitivas, traumas e ansiedades.

Ao longo de uma prática de quase 30 anos, descobri o quanto os animais também são beneficiados com esse tratamento, pois são espíritos em evolução. Nos humanos, a primeira identificação é emocional, segundo Freud, e isso ocorre com os animais domésticos também, absorvendo emoções e energias do ambiente, com uma relação com as questões dos donos. Lacan nos dizia que os pets se identificam imaginariamente com seus donos. Então foi observável que são sujeitos a ciúmes, tristezas e percepções energéticas ambientais. Tenho vários casos clínicos que resultarão num livro. Entre eles, uma gatinha que melhorou de dermatite, quando a dona se tratou e engravidou. Observável que o câncer no animal tem a ver com situação da saúde do dono e de muitos diagnósticos nele também da doença.

Por isso, venho trabalhando incluindo os donos na psicoterapia. Como amo animais, meu trabalho é valorizado pelo que ouço do dono, que recebe a terapia e o animal a tem como minha doação. Havendo a demanda de se fazer uma psicoterapia holista de apoio, donos e animais também receberão a energia do reiki que potencializa o tratamento.

Na situação pandêmica que vivemos, a presença e o convívio entre os pets e seus donos é consoladora,de trocas afetivas e companhias, mas também de revelações emocionais mútuas mais intensas.

As emoções são grandes nesse processo, pois é lindo ver o quanto os animais, cães e gatos, principalmente, são porta-vozes de adoecimento dos seus donos, podendo em tratamento mútuo alcançarem alívios e curas.

Gaio Fontella (Terapeuta floral, mestre reiki. Psicólogo e psicanalista) Contato: (51)98419-4143

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Pandemia e Psicanálise On Line

A análise, no viés Freudiano, teria como meta básica o bem amar e trabalhar. Então, essas demandas universais humanas, para serem atendidas no meio de uma pandemia, requerem criatividade e reposiciona